Mistura de energético com álcool faz desejo de beber aumentar, diz estudo

Misturar energéticos com álcool faz com que o desejo de beber aumente, deixando o usuário mais propenso a se envolver em agressões e sexo ocasional. Esse é o resultado de uma pesquisa publicada nesta sexta-feira (18) na revista Alcoholism: Clinical & Experimental Research, e divulgada no jornal britânico Daily Mail.

O trabalho analisou os efeitos da mistura de bebidas com altas doses de cafeína e vodca em 46 mulheres e 29 homens. Os resultados mostram que o apetite para o álcool aumenta com essa mistura, o que não acontece tanto com outras, como álcool e refrigerante, ou mesmo quando a bebida alcoólica é consumida pura.

Isso facilita o chamado consumo em “binge”, ou seja, beber grandes quantidades de álcool em pouco tempo, um comportamento de risco. Os pesquisadores afirmam que o efeito foi visível mesmo quando os consumidores diluíram a mistura em suco de frutas.

Um dos autores do estudo, o psicólogo Peter Miller, professor da Universidade de Deakin, em Melbourne, na Austrália, observa que os riscos de agressões foi constatado mesmo no ambiente controlado da pesquisa, o que indica que o problema pode ser muito pior na realidade.

Mesmo com níveis baixos de embriaguez, as pessoas ficam menos inibidas e mais propensas a beber mais. E, quanto mais bêbado, maior o risco de ser vítima de violência, e mesmo de fazer escolhas erradas e ficar com alguém que jamais ficariam se estivessem sóbrias.

Outras pesquisas já demonstraram que a mistura de energéticos e bebidas alcoólicas leva as pessoas a beberem mais, por isso é preciso tomar cuidado com essa tendência cada vez mais comum em festas e bares.

Fonte.: Daily Mail via Uniad